Ouvidoria

Canal de comunicação entre a ARIS e a população, para consultas, denúncias, reclamações, elogios e mais..

Portal Transparência

Site em que os cidadãos podem consultar todos os gastos, investimentos, licitações e outros documentos diversos.

Fale Conosco

Neste espaço você pode esclarecer suas dúvidas, dar sua opinião ou sugestão e falar com a gente sobre outros assuntos que desejar.

Notícia

Agência Reguladora conclui vistoria técnica em Poconé

Publicado: 27/10/2023 ás 17:46:00

A Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento do Estado de Mato Grosso (ARIS-MT), concluiu, nesta semana, a vistoria técnica no município de Poconé (distante 105 km da capital).

A ARIS-MT, por meio da sua ouvidora, Semis Palma, e do diretor técnico, Paulo Donizete, visitou sete bairros, onde ouviram relatos de dezenas de consumidores que já haviam registrado  reclamações junto à ouvidoria da agência reguladora.

A  vistoria foi  realizada nos dias 17, 23 e 24, e abrangeu os bairros de onde vieram o maior número de reclamações, são eles:  André Maggi, Jurumirim, Santa Tereza, Vila Operária, Cohab Nova, Portal do Pantanal e João Godofredo. 


Em diversas oportunidades o diretor técnico explicou que  existe um problema recorrente no município neste período   de seca, e reforçou a necessidade de que a concessionária promova o abastecimento de água de forma alternativa, via caminhão pipa, enquanto não houver a regularização do abastecimento.

ENTENDA COMO A OUVIDORIA FUNCIONA DA ARIS-MT
 

A Ouvidoria da ARIS-MT funciona no âmbito dos municípios associados como órgão de 2ª instância, para recepcionar as manifestações dos usuários quando não atendidos satisfatoriamente pelos serviços de atendimento e pelas ouvidorias locais. 

É condição para o registro da manifestação na Ouvidoria da ARIS-MT que o usuário já tenha buscado a solução para o problema junto as instâncias locais de atendimento, sendo que o controle é feito por meio do protocolo de atendimento fornecido pelos prestadores. 

Após a reclamação a empresa fornecerá um protocolo de atendimento e estabelecerá um prazo de retorno. Se, depois de finalizado este prazo, o consumidor não obtiver resposta, ou mesmo entender que a explicação dada pela empresa foi insatisfatória, aí sim ele deve recorrer a Aris-MT, que atuará fiscalizando e cobrança ações para a resolução da situação.


Veja as Fotos